Centro de Estudos Portugueses

História e Realizações

O Centro de Estudos Portugueses da USP, com muitos anos de trabalho, destaca-se pela realização de várias atividades no campo da docência e da pesquisa em torno de questões ligadas à cultura portuguesa. Compreendendo o desenvolvimento da História e assumindo-se como um espaço voltado para o debate, o Centro tem procurado abrir-se à realização de eventos que permitam a acompanhar a dinamização cultural dos países de língua portuguesa.

No campo do ensino promove cursos de especialização, extensão e divulgação sobre temas ligados às Literaturas Portuguesa, Brasileira e Africanas, reconhecendo a importância da abordagem de problemas voltados à especificidade de cada universo, bem como incentivando a análise comparativa entre tais universos culturais. Cursos e seminários a respeito da Literatura medieval, do teatro em língua portuguesa, do lugar da mulher na literatura e das relações entre produção literária e colonização nos países africanos aparecem na agenda de projetos já desenvolvidos.

No campo da pesquisa, conta com uma biblioteca especializada, com rico acervo de volumes referentes, por exemplo, à história das navegações e à literatura portuguesa contemporânea. Atualmente, juntamente com o programa de pós-graduação em Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa, do Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas , empenha-se na organização de vários núcleos de pesquisa, distribuídos em diferentes áreas de interesse pelas culturas dos países de língua portuguesa.

O CEP-USP tem, ainda, contribuído para a divulgação de conhecimento a partir da promoção de eventos, de caráter nacional e internacional, a exemplo do IV Congresso Internacional de Estudos Pessoanos e do III Encontro Internacional de Queirosianos, que reuniram, cada um, mais de 1000 participantes.

Em colaboração com o CESP - Centro de Estudos Portugueses da UFMG, o CEP - USP vem organizando simpósios em congressos internacionais, como "Fronteiras e margens da América Latina", que integrou o Tercer Congreso de Latinoamericanistas en Europa (em Amsterdã, de 03 a 06 de julho de 2002). No mesmo quadro de cooperação, é responsável pela montagem do simpósio "O dilema latino-americano frente à complexidade das novas redes planetárias", inserido no 51 ICA (Congresso Internacional de Americanistas), a realizar-se no Chile em julho de 2003.

No campo da edição, são nítidos os esforços para a divulgação de trabalhos afinados com as linhas de pesquisa definidas como relevantes para o desenvolvimento dos projetos de seus professores e dos alunos inscritos nos vários programas de pós-graduação da FFLCH. A Revista do CEP e a Revista Via Atlântica, ambas conhecidas internacionalmente, caracterizam-se como espaços de convergência de artigos marcados pela diversidade de perspectivas teóricas, produzidos por especialistas de variadas universidades brasileiras e estrangeiras.

O Centro, portanto, possui tradição firmada enquanto órgão de promoção e divulgação cultural, distinguindo-se pela qualidade de suas atividades no âmbito da Universidade de São Paulo e na esfera acadêmica nacional e internacional.