“A antropologia é um procedimento de certa forma terrorista. Antropólogos muitas vezes redigem suas pesquisas sem sequer relê-las às pessoas com quem havia falado. O cinema é o veículo que permite realizar a etnografia, esta antropologia partilhada... É esse o milagre do cinema, partilhar com muitos as mesmas emoções”. As palavras de Jean Rouch, o antropólogo-cineasta que vislumbrou o cinema como meio de compartilhar a antropologia, inspiram nossa prática de pesquisa e realização audiovisual e a construção deste espaço.
Antropologia compartilhada, o blog, é uma realização coletiva – iniciada por um grupo de pesquisadores que têm como interlocutores os realizadores de cinema e arte das quebradas. Uma ocupação na rede, construída a partir de relações que temos tecido nos últimos anos, com gente que pensa o cinema como meio de transformação, intervenção, provocação.

21 a 28/nov 2009: Mostra Luta 2 em Campinas/SP

Filed Under (Eventos e Mostras) by admin on 24-11-2009

Clique na imagem para acessar o site da Mostra e a programação.

* * *

Durante a mostra serão exibidos os filmes Cinema de Quebrada, de Rose Satiko, e PeriferiAção, de Marina Chen.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

* * *

Lançamento de “Vozes marginais na literatura” - Érica Peçanha

Filed Under (Eventos e Mostras) by admin on 04-11-2009

Divulgamos aqui os eventos de lançamento do primeiro livro de Érica Peçanha.

A autora foi debatedora no seminário “As pesquisas nas quebradas: iniciações, encontros, partilhas”, realizado em setembro de 2009, onde se apresentaram orientandos de iniciação cietífica da professora Rose Satiko.

image001

image002

Vozes marginais na literatura é resultado de uma pesquisa de mestrado em Antropologia Social, desenvolvida entre 2004 e 2006 na Universidade de São Paulo.

O livro toma como mote a atribuição do adjetivo marginal, por parte de alguns escritores da periferia, para caracterizar a si ou aos seus produtos literários no limiar do século XXI.

Partindo da análise das três edições especiais Caros

Amigos/Literatura Margin

al e da relevante cena literária que se constituiu nas periferias paulistanas após o lançament

o dessas revistas, a obra investe na articulação da produção literária e da atuação político-cultural dos escritores, dando ênfase às carreiras e intervenções de três deles: Ferréz, Sérgio Vaz e Sacolinha (Ademiro Alves).

***