VI miniENAPOL &

II Seminário de Semiótica na USP

03 de outubro – Quarta-Feira
clique no nome das sessões para ver os resumos

 

MANHÃ (8:30 – 12:30)

8h30 - Sessão 5: Ethos
(60 min. comunicações + 20 min. debate)

Cíntia Domingos Ribeiro

O ethos do sujeito negro na literatura brasileira

Rafael Sento-Sé Guimarães Falcón

"Catilinárias I e II" de Cícero: a construção de um ethos como modo de presença no mundo

Rita de Cássia Antonia Nespoli Ramos

Construção do ethos e a análise de redações de vestibulandos

Rodrigo Luvizotto

A constituição do ethos do cientista-viajante

 


9h50 - Intervalo 20 min.

 

10h10 - Sessão 6: Literatura: conto, II
(60 min. comunicações + 20 min. debate)

Thiago Braga Sá

Estação de caça aos helicópteros

Ivan de Azevedo Antunes Corrêa

Percurso gerativo do sentido em Marcelino Freire

Vanessa de Paula Zagnole Baraldi

Análise do texto: “Negócio de menino com menina”, de O ladrão de sonhos e outros contos, de Ivan Ângelo

Mara Jane Sousa Maia

Semiotizando o universo infantil de Manoel de Barros no conto "O menino que carregava água na peneira"

 

11h30 - Sessão 7: Novos meios de comunicação
(45 min. comunicações + 15 min. debate)

Ana Carolina Cortez Noronha Uma investigação semiótica da construção do sentido em aulas virtuais

Danielle de Paiva Lopes

Cibermãe: uma viagem tecnológica através da literatura

Auderey Danielle Beserra de Brito Emoticons sob uma perspectiva semiótica – da tela para as prateleiras

 

12h30 - ALMOÇO

 

TARDE (14:00 – 16:30)

14h00 - Sessão 8: Audiovisual: cinema, telejornalismo, telenovela
(105 min. comunicações + 35 min. debate)

Odair José Moreira da Silva
A aspectualização do tempo no cinema: um estudo semiótico do filme Feitiço do tempo
Marleide de Moura Rocha A arte da animação japonesa: em busca dos recursos gerativos de sentidos
Tânia Ferrarin Olivatti De enunciatário a enunciador: quando o YouTube fala da mídia
Elaine Aparecida Souto Antunes A relação de quatro sujeitos - Téo, Fernanda, Lucas e Salete - na telenovela Mulheres Apaixonadas
Dimas Alexandre Soldi O discurso passional na TV: veridicção, paixão e tensividade (uma análise da dimensão patêmica de programas de entrevistas)

Carolina Lindenberg Lemos

O que passa e o que fica na construção de um objeto de valor

Ana Paula Ferreira de Mendonça Leitura semiótica de uma cena da telenovela Belíssima

 

16h30 - Intervalo 30min.

 

II Seminário de Semiótica na USP

17h00 - Mesa plenária 2: TENSIVIDADE NAS ARTES
Debatedor: Ivã Carlos Lopes (FFLCH-USP)

Luiz Tatit (FFLCH-USP)
No princípio era a sílaba
Antonio Vicente Pietroforte (FFLCH-USP) O fazer missivo nas histórias em quadrinhos

:. voltar