Regimes de interação, sentido da vida

Palestra Internacional

palestrante convidado:

Eric Landowski
(CNRS/PUC-SP)

ementa geral    

A ligação entre sentido e vida é constante na obra de Greimas. Em Semântica estrutural (1966), ela conduz à superação das semânticas linguísticas ou lógicas. A partir de Sobre o Sentido (1970), ela inspira a ideia de narratividade como "projeto de vida". Finalmente, em Da Imperfeição (1987), ela justifica a abertura da gramática narrativa à dimensão sensível do "vivido". Ainda que frequentemente vista como desembocando numa pura ciência do texto, essa construção foi guiada, desde o começo, por uma interrogação sobre o "sentido da vida". Isso não quer dizer que a vocação da semiótica seja a de responder à questão metafísica de saber se a vida "tem" uma significação, nem de descobrir qual seria. Trata-se, antes, de explicar como, a partir de quais elementos se elabora o sentido que cada um tende a atribuir ao próprio estar-no-mundo. Face a uma tarefa assim vasta, a perspectiva que propomos parte da interdefinição de um pequeno número de princípios elementares que constituem, cada um, a base de um determinado regime de construção do sentido na interação, determinando outros tantos estilos de vida distintos, suscetíveis de se combinar dinamicamente.

Eric Landowski é diretor de pesquisa (CNRS, Paris), co-diretor, com J. Fontanille, da revista Actes Sémiotiques (http://revues.unilim.fr/nas/), co-diretor, com A.C. de Oliveira, do Centro de Pesquisas Sociossemióticas (PUC-SP/CPS), professor convidado da Universidade de Vilnius (departamento de Semiótica). Entre suas publicações :

La Société réfléchie. Essais de sociosémiotique, Paris, Seuil, 1989.
Trad. port., A sociedade refletida, São Paulo-Campinas, Educ-Pontes, 1992.
Trad. esp., La sociedad figurada, México, F.C.E., 1993.
Trad. ital., La società riflessa, Roma, Meltemi, 1999.

Présences de l’autre. Essais de sociosémiotique II, Paris, P.U.F., 1997.
Trad. port, Presenças do Outro, São Paulo, Perspectiva, 2002.
Trad. esp., Presencias del otro, Bilbao-Lima, FDE, 2007.

Passions sans nom. Essais de sociosémiotique III, Paris, P.U.F., 2004.
Trad. esp., Lima, Fondo Editorial de la Universidad de Lima (no prelo).

Les interactions risquées, Limoges, PULIM, 2005.
Trad. esp., Interacciones arriesgadas, Lima, Fondo Editorial de la Universidad de Lima, 2009.
Trad. ital., Rischiare nelle interazioni, Milano, Franco Angeli, 2010.
Trad. port., Interações arriscadas, São Paulo, Estação das Letras e Cores (no prelo).

Pour une sémiotique du goût, São Paulo, Centro de Pesquisas Sociossemióticas, 2013.

A Palestra Internacional com Eric Landowski se insere no quadro dos Seminários da disciplina de pós-graduação intitulada "Teoria da Narrativa e do Discurso: Desenvolvimentos Atuais", ministrada pelo Prof. Dr. Waldir Beividas.

:. contato dos organizadores

landowski

Dia 24 de abril de 2013, das 14 às 17 horas.
Prédio de Letras da FFLCH-USP, sala 107.

Durante a palestra haverá o pré-lançamento da última publicação de Eric Landowski, intitulada Pour une sémiotique du goût e publicada pelo Centro de Pesquisas Semióticas (PUC/SP).

A palestra é aberta a toda pessoa interessada.