e
S
S
e
t
m
u
i
d
ó
o
t
s
i
c
o
s

 

capa

orientação editorial

busca

 

:. número quatro

expediente
apresentação

 

ISSN
1980-4016

número quatro

2008


S U M Á R I O


todos os arquivos estão disponíveis no formato PDF.
para visualização é necessário ter instalado o programa Adobe Reader (download gratuito).


:. A valoração em metapoemas de Manuel Bandeira: universal ou absoluto?
Dayane Celestino de ALMEIDA
 
No âmbito da semiótica dita tensiva, os valores de universo resultam na valorização da participação, da expansão, do numeroso, e são regidos pelas operações de mistura e abertura; os de absoluto dizem respeito a uma valorização do raro, do exclusivo, do puro, e são regidos pelas operações de triagem e fechamento. Nosso objetivo é identificar quais valores propõem os metapoemas estudados.
:. As relações entre quatro sujeitos – Téo, Fernanda, Salete e Lucas – na telenovela Mulheres
   apaixonadas
Elaine Aparecida Souto ANTUNES
 
A Rede Globo exibiu sua produção Mulheres apaixonadas em 2003. Esta novela apresentou um painel com várias mulheres expondo seus dramas e conflitos. Uma personagem chamada Fernanda teve um relacionamento com Téo. Quando a filha de Fernanda, Salete, fica muito doente, ela entra em contato com Téo e lhe pede dinheiro. Esse acontecimento será analisado para mostrar como a relação desses sujeitos é apresentada ao público no primeiro capítulo de Mulheres apaixonadas.
:. Aproximaciones al fenómeno de la transposición semiótica: lenguajes, dispositivos y géneros.
Nicolás Diego BERMÚDEZ
 
El objeto de este trabajo es reconsiderar algunas cuestiones ligadas al fenómeno de la transposición, deteniéndonos especialmente en una de las variantes más transitadas en la cultura contemporánea: el pasaje de una obra literaria al cine. Dos dimensiones nos interesa destacar: la dimensión material (el dispositivo) y las determinaciones genéricas.
:. A dimensão figurativa em poemas de A educação pela pedra, de João Cabral de Melo Neto
Fabiane Renata BORSATO
 
Análise da recriação sintática dos versos de “A urbanização do regaço” e “O regaço urbanizado”, de João Cabral de Melo Neto, da obra A educação pela pedra, para compreensão dos jogos figurativos da linguagem que se ligam à isotopia temática da sexualidade e sedução desencadeada pela arquitetura sevilhana.
:. O Estado Novo e sua relação com os imigrantes: a língua como defesa dos valores nacionais
Alexandre Marcelo BUENO
 
Ao propor uma idéia de homogeneidade cultural brasileira, o texto de Oliveira Viana, analisado neste trabalho, constrói uma imagem negativa de certos grupos imigrantes por considerá-los “inassimiláveis”. Dessa forma, abre-se espaço para a construção de um discurso intolerante e, mais especificamente, para a intolerância lingüística.
:. Algumas considerações sobre o crer e o saber
Dilson Ferreira da CRUZ
 
Embora sejam pertencentes a um mesmo universo cognitivo – segundo as palavras de Greimas em Du sens II –, o crer e o saber podem se encontrar em relação de oposição e, desse modo, constituir uma paixão ainda pouco estudada: a ingenuidade. Este artigo procura examiná-la da perspectiva da semiótica tensiva e mediante o confronto com outras paixões.
:. O rosto de Saddam Hussein: um estudo de caso
Orleães Alan Mendonça FURTADO
 
O artigo é uma análise de uma capa da revista americana Time, edição de 16 de abril de 2003. Através da intertextualidade e interdiscursividade, a revista associava o presidente do Iraque, Saddam Hussein, a Adolf Hitler. É um artifício recorrente do discurso midiático, que consiste em identificar os acontecimentos ou personagens públicos no plano simbólico através da memória coletiva.
:. "O monstro" de Sérgio Sant'Anna: um exercício de análise semiótica
Inaura GUIMARÃES
 
Analisamos o percurso do ator “Antenor” do conto “O monstro”, de Sérgio Sant’Anna, como sujeito pragmático e como sujeito cognitivo. Descrevemos também os efeitos de sentido criados no texto por meio do uso dos mecanismos de sintaxe e semântica discursivas.
:. A construção do ator feminino em A mulher que escreveu a Bíblia
Valci Aparecida Xavier GUIMARÃES
 
Este estudo analisa o romance A mulher que escreveu a Bíblia, de Moacyr Scliar, por meio dos pressupostos teóricos da semiótica francesa. Observamos a construção do ator “mulher”, descrevendo os seus papéis actanciais e temáticos.
:. Análise semiótica do poema "En la humedad cifrada ", de Coral Bracho
Natália Cipolaro GUIRADO
 
Este artigo propõe uma análise semiótica do poema “En la humedad cifrada”, de Coral Bracho, que pertence à poesia Neobarroca da América Latina. A construção do sentido do poema será demonstrada mediante o percurso gerativo de sentido com enfoque na tematização e figurativização.
Raquel Torres GURGEL
 
Fernando Pessoa e Mário de Sá-Carneiro mantiveram intensa correspondência entre 1912 e 1916. Este trabalho apresenta, com base na semiótica francesa, a análise de uma carta escrita por Pessoa.
:. Escrituras de Drummond: Arte em exposição (Questões de iconicidade e abstração)
Márcia Maria Sant´Ana JÓE
 
Este estudo pretende apontar diferenças entre a iconicidade e a abstração em quatro pinturas do livro intitulado Arte em exposição, de Carlos Drummond de Andrade, publicado em 1990. O sentido desses objetos pictóricos será construído a partir de categorias específicas da semiótica.
:. Forma e sentido: a personagem-narrativa em foco
Eliane Soares de LIMA
 
Entendendo a personagem como uma unidade difusa de significação, construída progressivamente pelo discurso narrativo, esse artigo apresenta uma análise do processo de construção do ser verbal, que busca explicitar a estrutura complexa e autônoma que lhe dá sentido, chegando mesmo a confundir o leitor quanto às barreiras que separam ficção e realidade.
:. Aspectos distintos da paixão da nostalgia na construção dos sujeitos dos enunciados nas canções
   de Nando Reis
Lilian Maria MARQUES E SILVA
 
As diferentes manifestações da paixão da nostalgia, ora verdadeira, ora mentirosa, muitas vezes pontual, tendo por base a teoria semiótica greimasiana, é o nosso objeto de estudo nas canções “Pra ela voltar”, “Mesmo Sozinho” e “N”, compostas e interpretadas por Nando Reis.
:. A sanção cognitiva e a sanção pragmática nos romances policiais da década de 1970
Fernanda MASSI, Arnaldo CORTINA
 
Partindo da semiótica greimasiana, este trabalho analisa o esquema narrativo de quatro romances policiais da década de 1970 e apresenta as diferenças entre as duas sanções encontradas: sanção cognitiva e sanção pragmática. Dois romances seguem o modelo clássico de romance policial, enquanto os outros dois apresentam exceções.
:. Considerações acerca da figuratividade e da percepção
Francisco Elias Simão MERÇON
 
No universo discursivo do sentido, a percepção normalmente figura como um simples “observador” ou se esconde sob a noção de “foco narrativo”, ambos localizados no último estrato de geração do sentido. Nosso trabalho busca investigar sua abrangência e o lugar primordial que ela ocupa no processo de significação.
:. O éthos do sujeito negro na literatura brasileira
Cíntia Domingos RIBEIRO
 
O objetivo deste trabalho é depreender o éthos do sujeito negro, na Literatura Brasileira, a partir do processo de figurativização e tematização dos atores de textos que apresentam este sujeito em posições enunciativas distintas: ora como enunciador, ora como enunciado. O corpus é composto pelo conto da literatura negra contemporânea, “Fábrica de fazer vilão” do livro Ninguém é inocente em São Paulo (Ferréz, 2006) e pela novela “Simeão crioulo” do livro As vítimas algozes (1896), de Joaquim Manuel de Macedo, representante do período do Romantismo.
:. A missividade em "Ciao cadáver", de Delmo Montenegro
Camila dos Santos RIBEIRO
 
Em Razão e Poética do Sentido, Claude Zilberberg apresenta-nos o fazer missivo. Modulada por meio de paradas e continuações, a missividade seria um modo de organizar o fluxo discursivo de maneira sensível e, ainda, responsável pela espacialização e temporalização na geração do sentido. Investigaremos, portanto, a articulação da missividade no poema “Ciaocadáver”, de Delmo Montenegro.
:. Análise do discurso de Bobók, de Dostoiévski
Danilo Chiovatto SERPA
 
Propomos uma análise do discurso do conto Bobók,de Dostoiévski, com base na semiótica francesa, com atenção especial naquilo que nela é definido como categoria de presença. As transgressões de tempo, espaço e pessoa sustentam a representação polifônica, juntamente com a carnavalização e a sátira menipéia.
:. Café com leite: simulacros da criança em jingles infantis
Lucas Takeo SHIMODA
 
A publicidade infantil trabalha com diversos simulacros da criança a fim de persuadir mais eficazmente o enunciatário. Analisamos os jingles criados para o Café Seleto e para o Leite Parmalat. Neste trabalho, privilegiamos a relação da criança com o produto anunciado, propondo uma tipologia dos alimentos.
:. A semiótica no/do teatro em La persistencia, de Giselda Gambaro
Edson Santos SILVA, Orlando Luiz de ARAÚJO, Wilma RIGOLON
 
A partir da análise da peça La persisitencia, de Giselda Gambaro, serão apresentados alguns elementos responsáveis pela semiótica do fazer teatral, no tocante às marcas da enunciação que manifestam o discurso, para que o público, ao apreender o sentido dessa linguagem, construa, interprete, avalie, aprecie ou rejeite essas significações.
:. O espaço discursivo de divulgação religiosa na delimitação do estilo de totalidades antagônicas
Sueli Maria Ramos da SILVA
 
Propomos considerar como e por que podemos depreender dois modos diferentes e conflitantes de presença no mundo, o estilo (éthos e antiéthos) de duas cenas enunciativas contrastantes entre si, A (Catolicismo) e B (Testemunha de Jeová), a partir de textos que materializam o espaço discursivo de divulgação religiosa.
:. Seqüência genérica de programas televisivos: uma proposta de análise audiovisual
Dimas Alexandre SOLDI
 
A proposta deste trabalho é realizar uma leitura comparativa de alguns aspectos de dois programas televisivos – Casos de família, do SBT, e Programa Silvia Poppovic, da TV Cultura. O objetivo é, além de apresentar um procedimento de análise audiovisual, entender como os dois programas articulam, cada um a sua maneira, suas especificidades de linguagens para firmar contratos com o telespectador.
:. Análise do texto "Negócio de menino com menina", de O ladrão de sonhos e outros contos, de Ivan
   Ângelo
Vanessa de Paula ZAGNOLE
 
O objetivo deste trabalho é verificar os três níveis do percurso gerativo do sentido, proposto pela semiótica francesa, no conto “Negócio de menino com menina”, do livro O ladrão de sonhos e outros contos, de Ivan Ângelo.
:. Limiares, limites e modalidades em "Mais ou menos em ponto", de Paulo Leminski
Bruna Paola ZERBINATTI
 
Partindo de um sujeito condenado a ser exato mas que deseja poder ser vago, o poema “Mais ou menos em ponto”, de Paulo Leminski, convida a uma reflexão envolvendo as modalidades e os conceitos de limite e limiar, segundo uma abordagem tensiva.