f a p s   2 0 0 8 - r e s u m o



Historicismo e anacronismo no tratamento de textos 
por Olga Ferreira Coelho (DL-FFLCH-USP)

Nesta intervenção, discutem-se os princípios de ‘imanência’, ‘contextualização’ e ‘adequação’ no tratamento de fontes para a Historiografia Lingüística. Exploram-se textos incorporados a Documenta grammaticae et historiae: projeto de documentação lingüística e historiográfica (séculos XVI a XIX), levando-se em conta que tais gramáticas constituem um universo fechado de significação e interpretação, sustentado, no entanto, por um grupo de decisão. A proposta é, portanto, enfocar certas relações entre texto e história. 

Olga Ferreira Coelho é professora do Departamento de Lingüística-USP, departamento em que se graduou e obteve os títulos de mestre e doutora. Trabalha com historiografia da lingüística e tem especial interesse pelos processos de institucionalização da área de Letras e Lingüística no Brasil e pela emergência e consolidação de uma tradição gramaticográfica no país. Tem estudos dedicados também à formação histórica do português do Brasil. É, atualmente, editora da Revista do GEL e coordenadora do GT Historiografia da Lingüística Brasileira da ANPoLL. 

Sexta-feira, 26 de setembro de 2008
Das 11h30 às 13h00
Prédio de Letras USP, Sala 260