f a p s   2 0 0 9 - r e s u m o



Da desconstrução do anúncio publicitário sincrético à produção de textos narrativos
por Marilda Franco de Moura Vasconcelos (Universidade do Porto, Portugal)

Estudam-se os procedimentos sintático-semânticos na produção escrita de mensagem publicitária pressupostamente dirigida para público masculino, examinando como o interesse em conquistar o enunciatário determina escolhas e combinações enunciativas verbo-visuais específicas. O estudo pretende aprofundar o estudo das paixões da falta e da carência, a relação passional do sujeito enunciador com o sujeito enunciatário e como este último pode ser revelado nos processos de enunciação sincrética, privilegiando o exame dos efeitos produzidos não apenas por “um deslumbramento dos olhos", mas pela fascinação que esse objeto traz, como comenta Floch, pois é neste objeto que, se pressupõe, revela-se o valor.
 

 

Marilda Franco de Moura Vasconcelos é pós-doutoranda pela Universidade do Porto/Portugal, em Semiótica e Estética, com Doutorado e Mestrado em Semiótica Discursiva pela PUC/SP (orientadora: Maria Thereza Guimarães Strôngoli). Graduou-se em Letras pela UEMG. É coordenadora do curso de Letras das Faculdades COC, professora no Centro Universitário Barão de Mauá, nos cursos de Direito e Comunicação social, Jornalismo e Publicidade e Propaganda. A professora Marilda é também presidente da Academia Ribeirãopretana de Educação e membro do Conselho de Educação local.


Sexta-feira, 27 de novembro de 2009
Das 11h30 às 13h00
Prédio de Letras USP, sala 261