FAPS 26.11.2010

Paratopia criadora

por Luciana Salazar Salgado (UFSCar)

Partindo de uma breve reflexão sobre o que vem sendo referido, no Brasil, como estudos discursivos, trataremos de uma noção recentemente proposta por Dominique Maingueneau: paratopia criadora. Em franco processo de formulação, justamente por estar ligada às discussões sobre autoria – efervescentes neste momento – e, assim, aos debates sobre o estatuto do sujeito na linguagem, a noção de paratopia supõe um “impossível lugar” que se constitui na trama interdiscursiva.

Será interessante, então, determo-nos na noção de interdiscurso ou, mais além, na observação de certos modos de gestão da interdiscursividade. Para tanto, evocaremos as noções de gênero discursivo e de interlíngua, com as quais podemos delimitar os nós que, nessa trama, configuram os quadros cênicos e, neles, as cenografias que firmam identidades autorais. O exame de alguns textos que passaram por processos editoriais parece particularmente proveitoso para o entendimento do que está em jogo em tais composições cenográficas.

Luciana Salazar Salgado, professora na área Linguagens e mídias do Departamento de Letras da UFSCar, é doutora em Linguística pelo Instituto de Estudos da Linguagem, Unicamp, onde iniciou suas pesquisas sobre a configuração discursiva dos lugares de autor e de leitor. Em seu estágio de pós-doutoramento no Departamento de Linguística da FFLCH – USP, tratou das atuais políticas públicas de formação de neoleitores. Trabalhou na editoria do núcleo técnico Confraria de Textos, com ênfase em projetos editoriais coletivos e assessoria para coleções, tanto nas atividades executivas quanto nas de pesquisa e análise. Participa do Centro de Pesquisa FEsTA - Fórmulas e estereótipos: teoria e análise, sediado no IEL – Unicamp, dedicando-se, entre outras atividades, à organização de coletâneas, como Ethos discursivo (Contexto), e traduções, como a do recém-publicado A noção de “fórmula” em análise do discurso – quadro teórico e metodológico, de Alice Krieg-Planque (Parábola).

:. página inicial do faps

Sexta-feira, 26 de novembro de 2010.
Das 13h00 às 14h30.
Prédio de Letras USP, sala 260.