Double international FAPS 23.09.2011

Vinte anos depois: olhar de relance sobre as semióticas pós-greimasianas

por Sémir Badir e Maria Giulia Dondero

Desde a virada da década de 1990, com as últimas publicações de Algirdas Julien Greimas, o campo da semiótica de inspiração saussuriana-hjelmsleviana tem mostrado não somente reavaliações do significado das obras de seus fundadores, como também uma progressiva extensão do escopo e dos centros de interesse a serem abarcados pelas teorias; observa-se, ao mesmo tempo, uma permanente indagação sobre os modos de intervenção da semiótica em face dos desafios científicos e das demandas sociais de nossa contemporaneidade imediata, que já não é a mesma da geração de Greimas.

Nossa discussão põe em perspectiva a evolução recente desse campo de pesquisa, contemplando algumas respostas já aventadas e as novas interrogações que ele suscita.

Sémir Badir é pesquisador do FNRS/FRS belga, Fonds National de la Recherche Scientifique, atuando na Universidade de Liège. Seus trabalhos incidem sobre a história, a epistemologia e a metodologia das ciências da linguagem, com especial atenção aos campos da semiótica, da semiologia e da linguística geral.

Maria Giulia Dondero, pesquisadora do FNRS/FRS, também docente da Universidade de Liège e membro da Académie Royale des Sciences, des Lettres et des Beaux-Arts de Belgique, trabalha sobre a argumentação visual no discurso científico.

:. página inicial do faps

Sexta-feira, 23 de setembro de 2011.
Novo horário do FAPS:
Das 13h00 às 15h00.
Prédio de Letras USP, sala 271.

A palestra é aberta a todos os interessados. Não é necessário inscrever-se previamente.
Os palestrantes falarão em francês.