FAPS 25.04.2014

Práticas de elogio e depreciação no comentário on-line

por Matheus Nogueira Schwartzmann
(Unesp Assis)

E ste trabalho apresenta uma reflexão sobre o comentário on-line e sua dimensão estratégica nos sites de Veja on-line e da rede YouTube. Segundo nossa hipótese, em meio à arena de debates que é criada no contexto on-line, os comportamentos dos sujeitos que escrevem os comentários polarizam-se em práticas de elogio e de depreciação. Tais práticas, controlando os valores que circulam em meio à prática do comentário, vão estabelecer formas de identificação ou de diferenciação entre os sujeitos: teremos, de um lado, aqueles que se conformam aos valores com os quais dialogam, intensificando-os, e, de outro lado, aqueles que deles se distinguem, enfraquecendo-os. As práticas do elogio e da depreciação são ainda reguladas pelas propriedades formais e práticas da plataforma em que os comentários se inscrevem: há plataformas que apresentam um forte controle sobre a prática do comentário, como é o caso de Veja on-line, o que redunda em formas práticas mais fechadas e, portanto, em um processo de concordância, na homogeneização dos discursos e das formas de vida; há outras, participativas como o YouTube, em que o controle é exercido de maneira menos intensa, permitindo que os próprios sujeitos inscritos na prática do comentário (re)criem formas de interação próprias, que, dando espaço também à discordância, favorecem a manifestação de discursos e formas de vida mais plurais que se interpõem.

Matheus Nogueira Schwartzmann, doutor em Linguística e Língua Portuguesa e mestre em Estudos Literários pela FCL/UNESP, câmpus de Araraquara, é professor do Departamento de Linguística da Faculdade de Ciências e Letras da Unesp, câmpus de Assis (SP). Atua na área de semiótica e se dedica ao estudo das práticas semióticas, das formas de vida e da noção de gênero, com especial destaque ao gênero epistolar.

:. página inicial do faps

Sexta-feira, 25 de abril de 2014.
Das 14h00 às 15h30.
Prédio de Letras USP.

A palestra é aberta a todos os interessados. Não é necessário inscrever-se previamente.