Página Pessoal de

 

Reginaldo Prandi

Professor Sênior do Departamento de Sociologia da USP

Pesquisador do CNPq

Atualizado em 17 de janeiro de 2014 

 

É objetivo deste site divulgar o trabalho de Reginaldo Prandi e pôr à disposição de pesquisadores de sociologia da religião e demais interessados alguns textos e dados sobre religiões no Brasil.

   

Reginaldo Prandi, sociólogo e escritor, é doutor em sociologia pela Universidade de São Paulo. É Professor Sênior do Departamento de Sociologia da USP e pesquisador do CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico). Foi um dos fundadores do Instituto Datafolha, órgão de pesquisa do jornal Folha de S. Paulo, participou do Comitê de Ciências Sociais do CNPq, coordenou o Comitê de Sociologia da Capes e foi membro do Comitê Acadêmico da Anpocs. Trabalhou em diversas áreas da sociologia e hoje se dedica principalmente à sociologia da religião, com ênfase nas religiões afro-brasileiras, evangélicas e católica. É autor de mais de 30 livros, incluindo obras de sociologia, mitologia, literatura infantojuvenil e ficção policial. Entre outros prêmios, recebeu o Prêmio Érico Vannucci Mendes 2001, outorgado pelo CNPq, SBPC - Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência - e Ministério da Cultura por seu trabalho de preservação da memória cultural brasileira. Foi indicado três vezes ao prêmio Jabuti.

 

 

Veja nesta página os endereços de mais de 650  terreiros  de candomblé e umbanda do Estado de São Paulo.

 

 

 

Agora disponível aqui o livro completo de Reginaldo Prandi Os candomblés de São Paulo, publicado em 1991 e atualmente esgotado.

  Clique aqui para o download

 

Orixás na Música Popular Brasileira: Diretório de 761 letras da MPB com referências a orixás e outros elementos das religiões afro-brasileiras — Período de 1902 a 2000

  Clique aqui para o download

 

 

 


 

 

 

Livros de Reginaldo Prandi

 

  Lançamento recente:

 


capamort

Os mortos e os vivos

Uma introdução ao espiritismo

Editora Três Estrelas (lançamento 2012)

O espiritismo surgiu na Franca do século XIX, formulado por Allan Kardec, interessado inicialmente na explicação de manifestações mediúnicas que se avolumavam nos Estados Unidos e na Europa. Proposto por seu fundador como ciência, filosofia e religião para explicar os processos naturais que definem e determinam a vida e a morte, o espiritismo se baseia na possibilidade da comunicação com os espíritos dos mortos e na crença na reencarnação. Foi o aspecto científico que primeiramente atraiu os brasileiros à obra de Kardec. Mas foi como religião que o espiritismo — no Brasil, como em nenhuma outra parte do mundo — se expandiu e se consolidou. Os mortos e os vivos é uma introdução à história e às ideias fundamentais do espiritismo, como a reencarnação, a comunicação com os mortos, a prática da caridade e a cura espiritual. O livro trata da formação do  espiritismo e suas transformações no Brasil, inclusive a umbanda, e destaca o trabalho de seus principais líderes, como Bezerra de Menezes e Chico Xavier. Por meio de dados censitários, traça o perfil dos seguidores do espiritismo e discute o lugar dessa religião no panorama religioso do Brasil atual.


 

 

 

Mitologia dos orixás

Companhia das Letras

Ilustrações de Pedro Rafael


Fotos de Reginaldo Prandi, Roderick Steel, Toninho Macedo,
Giliola Vesentini e Andreas Hofbauer

Indicado ao Prêmio Jabuti 2002 na categoria Melhor Livro de Ciências Humanas.

Clique aqui para ler um trecho

Clique aqui para ler uma resenha

Clique aqui para algumas fotos e ilustrações


 

 

 

 

Trilogia

Mitologia Infantojuvenil dos Orixás

 

Ilustrações de Pedro Rafael

Ifá, o Adivinho (2002)

Xangô, o Trovão (2003)

Oxumarê, o Arco-Íris (2005)

Indicado para o Prêmio Jabuti 2003 nas categorias livro e ilustração.Laureado com o certificado de "Livro Altail de 2003.Prêmio Figueiredo Pimentel de Melhor Livro Reconto e Prêmio Ilmente Recomendável" pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil em abrustrador Revelação, outorgados pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil em 23 de maio de 2003.

Laureado com o certificado de "Livro Altamente Recomendável" pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil em abril de 2003. Prêmio de Exposição do Salão Internacional do Livro Juvenil de Bolonha, Itália, 2005.

Embora  possam ser lidos como livros independentes, esses três volumes apresentam, no conjunto, a mitologia básica de todos os principais orixás cultuados no Brasil: Exu, Ogum, Oxóssi, Logum Edé, Ossãe, Omulu, Nanã, Oxumarê, Euá, Xangô, Obá, Iansã, Oxum, Ibejis, Iemanjá, Oxaguiã, Ifá, Ajalá, Odudua e Oxalá.

Companhia das Letrinhas

 

Clique aqui para ver algumas ilustrações

 

 


 

 

Série

Histórias Ouvidas e Inventadas

 

Ilustrações de Rodrigo Rosa

 

 

 

 

Minha querida assombração

Jogo de escolhas

Feliz Aniversário

 

Em férias numa antiga fazenda,
Paulo e os quatro filhos passam uma semana ouvindo casos de assombração. Cada noite uma história diferente.

De repente... coisas estranhas começam a acontecer envolvendo a todos numa trama do outro mundo.

 

Paulo vai viajar com seus quatro filhos em férias. Deixa às crianças a escolha do lugar.  Não chegam a um acordo. 
Paulo propõe um jogo para a decisão. Entram em cena gatos, urubus, cães e caranguejos, lobos, galinhas e macacos e humanos. Neste Jogo de escolhas, bichos agem como gente e gente age como bicho, revelando ideias e sentimentos que muitas vezes preferimos esconder

 

Histórias de aniversário

são contadas durante os preparativos

da festa conjunta de quatro irmãos.

Histórias estranhas.

Enquanto isso, noite após noite,

acontece naquela casa

algo que ameaça a realização da festa.

Haverá um sabotador entre eles?

 

Companhia das Letrinhas

 

 


 

Livros da Coleção Contos e Lendas, da Cia. das Letras

 

 

Contos e lendas afro-brasileiros: A criação do mundo

 

de Reginaldo Prandi, ilustrações de Joana Lira

 

 

Adetutu, uma jovem mãe africana é aprisionada por caçadores de escravos e transportada ao Brasil em um navio negreiro. Durante a terrível viagem, ela sonha com a criação do mundo pelos orixás, deuses de seu povo. Ela torce para Oxalá realizar sua missão com sucesso, ganha a cumplicidade de Exu, vibra com a atuação de Xangô, emociona-se com Iemanjá.

Trazidos pelos escravos, os orixás se ambientaram no Brasil. Com suas crenças e costumes, os africanos trouxeram também sua versão mítica da criação do mundo, narrada em histórias repletas de aventuras, comoventes e até mesmo engraçadas, agora contadas neste livro.

 

 

 

 

 

Contos e Lendas da Amazônia

 

de Reginaldo Prandi, ilustrações de Pedro Rafael

 

 

A Amazônia é tão grande em tamanho, tão rica em variedade de espécies, quanto em histórias nascidas nas mais diferentes culturas.

Em pequenas aldeias à beira dos rios, e até nas cidades, surgiram narrativas e mais narrativas, que, de boca em boca, extravasaram os limites dos grupos em que foram criadas e se tornaram parte da cultura nacional brasileira.

São histórias sobre pessoas, bichos, plantas, rios, estrelas, em que tudo se explica por meio de algum encantamento, e que nos mostram um pouco do universo inesgotável da mitologia amazônica.

 

 

 

 


Morte nos búzios


Romance policial de Reginaldo Prandi conta uma história  de assassinatos 
que envolvem os adeptos de um terreiro de candomblé paulista numa trama de intrigas, 
suspense, preconceito e conflito entre religiões. E muito medo.

 

 

 

 

      

 

Uma mulher tem a morte prevista num jogo de búzios. Na manhã seguinte é encontrada com o pescoço cortado e a boca cheia de folhas de manjericão. Desvendar o homicídio, com aspectos de sacrifício religioso, é tarefa do delegado Tiago Paixão, que acaba se embrenhando na rotina e nos costumes de um terreiro de candomblé.

Um segundo crime com as mesmas referências supostamente religiosas faz com que o assassino fique conhecido nos jornais como o Sacrificador. Logo surgem imitadores, desencadeando-se uma onda de violência na cidade. Enquanto o delegado Paixão se vê pressionado pela imprensa e por seus superiores, uma guerra santa à brasileira está prestes a estourar.

 

Clique aqui para ler o primeiro capítulo

(arquivo PDF)

 

 


 

 

Segredos guardados:
Orixás na alma brasileira

 

 

 

 

 

Segredos guardados trata das transformações recentes do candomblé e da umbanda,
sua presença na sociedade e na cultura brasileira, procurando apontar seus avanços, refluxos e dilemas
no contexto competitivo do chamado mercado religioso.

 

 

 


 

 

 

 

Outros Livros

                                           

 

Encantaria brasileira

Os príncipes do destino

 

Editora Pallas

Livro sobre caboclos, mestres e encantados

organizado por 

Reginaldo Prandi 

Com textos de 
André Ricardo de Souza, Armando Vallado, Carlos Caroso, Francelino de Shapanan, Gisela Macambira Villacorta, Luis Felipe Rios, Luiz Assunção, Maria do Carmo Brandão, Maria Helena Villas Bôas Concone, Mundicarmo Ferretti, Núbia Rodrigues, Patrícia Ricardo de Souza, Raymundo Heraldo Maués, Reginaldo Prandi, Roger Bastide e Ronaldo de Salles Senna. 

Clique aqui para ver fotos

 

Editora Cosac Naify

 

 

 

Misturando um pouco de ficção à tradição afro-brasileira, esse livro conta aventuras dos Odus do Oráculo de Ifá ou Orunmilá, o jogo de búzios, apresentando mitos dos orixás

Indicado ao Prêmio Jabuti 2002 na categoria Melhor Livro Infanto-Juvenil.

Ilustrações de Paulo Monteiro

 

 

 


 

TERREIROS DE CANDOMBLÉ E UMBANDA
DO ESTADO DE SÃO PAULO

 

 

Lista de mais de 600 terreiros afro-brasileiros do Estado de São Paulo, com os nomes dos dirigentes, endereço completo e outras informações.

 

 

 

Clique aqui para ter a lista de terreiros
 


 


TEXTOS DE REGINALDO PRANDI

A lista seguinte oferece alguns textos de R. Prandi. Basta clicar sobre o título desejado para trazer o texto para seu computador. Reproduções totais ou parciais, por quaisquer meios, só podem ser feitas com a autorização expressa do autor.

Axé, corpo e almas novo

A cadeira da mãe de santo  

 As religiões e as culturas: dinâmica religiosa na América Latina  

O que você precisa ler para saber
quase tudo sobre as religiões afro-brasileiras

Por que Exu é o primeiro?

Xangô, rei de Oió  

Deuses africanos no Brasil:
uma apresentação do candomblé

A dança dos caboclos  

Candomblé and Time (versão em inglês)

Pombagira e as faces inconfessas do Brasil

Coração de Pombagira 

Nas pegadas dos voduns: um terreiro de tambor-de-mina em São Paulo

 


Mais livros de Reginaldo Prandi

 

Reginaldo Prandi. Os Candomblés de São Paulo. Hucitec, 1991. Clique aqui para download do texto completo.

Reginaldo Prandi. Herdeiras do axé. Hucitec, 1996.

Reginaldo Prandi e Antônio Flávio  Pierucci. A realidade social das religiões no Brasil.  Hucitec, 1996.

Reginaldo Prandi. Città in transe. Acta, Roma, 1993. Tradução italiana de Os candomblés de Sâo Paulo.

Caminhos de Odu, de Agenor Miranda Rocha, organizado por Reginaldo Prandi. Pallas, 1999.

Reginaldo Prandi. Um sopro do Espírito. Edusp, 1998. Sobre católicos carismáticos.

 

Esses livros podem ser adquiridos pela Internet no endereço:

http://www.livrariacultura.com.br/

 

Sobre Reginaldo Prandi: 

Curriculum vitae/ Trabalhos publicados