Vladimir Pinheiro Safatle


Resumo

Possui graduação em filosofia pela Universidade de São Paulo (1994), graduação em Comunicação social pela Escola Superior de Propaganda e Marketing (1994), mestrado em Filosofia pela Universidade de São Paulo (1997) e doutorado em Lieux et transformations de la philosophie - Université de Paris VIII (2002). Atualmente é Professor Titular do departamento de filosofia da Universidade de São Paulo. Foi Visiting Scholar da Universidade da California - Berkeley, além de professor visitante das Universidades de Paris VII , Paris VIII, Toulouse, Louvain, Stellenbosch (África do Sul) e Essex. Foi ainda responsável de seminário no Collège International de Philosophie (Paris). Desenvolve pesquisas nas áreas de: epistemologia da psicanálise e da psicologia, desdobramentos da tradição dialética hegeliana na filosofia do século XX e filosofia da música. É um dos coordenadores da International Society of Psychoanalysis and Philosophy, do Laboratório de Pesquisa em Teoria Social, Filosofia e Psicanálise (Latesfip) e presidente da Comissão de Cooperação Internacional (CCint) da FFLCH-USP desde 2012.

Linhas de pesquisa

  • Teoria do reconhecimento
  • Teoria do sujeito
  • Experiência estética musical e a reconstrução dos modelos de crítica

Livros publicados

  • Maneiras de transformar mundos: Lacan, política e emancipação. Belo Horizonte: Autêntica, 2020. 172p.
  • El circuito de los afectos: cuerpos políticos, desamparo y el fin de lo individuo. Cali: Editorial Bonaventuriana, 2019. 315p.
  • Dar corpo ao impossível: O sentido da dialética a partir de Theodor Adorno. Belo Horizonte: Autêntica, 2019. 317p.
  • SAFATLE, V. P. ; DUNKER, C. ; SILVA JUNIOR, N. Patologias do social: arqueologias do sofrimento psíquico. Belo Horizonte: Autêntica, 2018. 352p.
  • Introdução a Jacques Lacan. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2017. 96p.
  • Só mais um esforço. São Paulo: Três Estrelas, 2017. 144p.
  • Grand Hotel Abyss: Desire, Recognition and the Restoration of the Subject. Leuven: Leuven University Press, 2016. 322p.

Artigos completos publicados em periódicos

  • Força e abstração: processo revolucionário e a matriz estética da autonomia. ARTEFILOSOFIA (UFOP), v. 15, p. 165 - , 2020.
  • La più violenta delle arti Espressione non-intenzionale ed emancipazione politica a partire dal romanticismo musicale. Odradek Studies in Philosophy of Literature, Aesthetics and New Medias Theories, v. V, p. 291 - 330, 2019.
  • Crítica da autonomia: liberdade como heteronomia sem servidão. DISCURSO, v. 49, p. 21 - 41, 2019.
  • A potência do impossível. PERCURSO (SÃO PAULO), v. 59, p. 109 - 124, 2017.
  • Matérialisme et dialectiques sans Aufhebung: Adorno lecteur de Marx, Marx lecteur de Hegel. ACTUEL MARX, v. 1, p. 24 - 50, 2019.
  • Fear, Helplessness, and Political Bodies as Circuits of Affect: Freud on Social Emancipation. The Undecidable Unconscious: A Journal of Deconstruction and Psychoanalysis, v. 4, p. 67 - 91, 2017.
  • A mais violenta das artes: expressão não-intencional e emancipação política a partir do romantismo musical. ARTEFILOSOFIA (UFOP), v. 24, p. 34 - 60, 2018.
  • Lacan, revolução e liquidação da transferência: a destituição subjetiva como protocolo de emancipação política. Estudos Avançados, v. 91, p. 211 - 227, 2017.
  • Materialismo e dialéticas sem Aufhebung: Adorno, leitor de Marx e Marx, leitor de Hegel. VERITAS (PORTO ALEGRE. IMPRESSO), v. 62, p. 12 - 40, 2017.
  • Une certaine latitude: normativité et contingence dans la biopolitique de Georges Canguilhem. Filozofski Vestnik, v. XXXVII, p. 180 - 200, 2016.
  • Permanecer histérica: sexualidade e contingência no caso Dora. Ágora ( PPGTP/UFRJ), v. XIX, p. 377 - 399, 2016.
  • A diferença e a contradição: a crítica deleuzeana à dialética e as questão da dialética a Deleuze. DISCURSO - DEPARTAMENTO DE FILOSOFIA DA FFLCH DA USP, v. 46, p. 123 - 160, 2016.

Capítulos publicados

  • Fascist neoliberalism and preventive counterrevolution: the second round of the Latin American laboratory. Spectres of fascism, v. , p. 179 - 191, 2020.
  • Ser o proprietário de sua própria pessoa: em direção a um conceito de liberdade como heteronomia sem servidão. Mutações: A outra margem da politica, v. , p. 209 - 228, 2019.
  • Em direção a um novo conceito de crítica: as possibilidade da recuperação contemporânea do conceito de patologia social. Patologias do social: arqueologias do sofrimento psíquico, v. 1, p. 10 - 45, 2018.
  • Vladimir Safatle: entrevista. Melhores Entrevistas, v. , p. 211 - 223, 2017.
  • A força da revolução e os limites da democracia. Mutações: Dissonâncias do Progresso, v. , p. 157 - 170, 2019.

Orientandos Ativos

Número USP Nome orientando Área Nível de Programa
8779091 Carine Gomes Cardim Laser Filosofia Doutorado
8033280 Felipe Fernandes Fagundes de Carvalho Filosofia Mestrado
7202241 Gabriel Ferri Bichir Filosofia Doutorado
6476663 Ivan de Oliveira Vaz Filosofia Doutorado Direto
8543470 Paulo Cerruti de Arruda Sampaio Filosofia Mestrado
6841462 Régis de Melo Alves Filosofia Doutorado
6841462 Régis de Melo Alves Filosofia Mestrado
7202126 Saulo Lance Reis Filosofia Mestrado
8765078 Talita Siqueira Cavaignac Filosofia Doutorado