Álvaro Silveira Faleiros


Resumo

Doutor em Letras (Língua e Literatura Francesa) pela Universidade de São Paulo (2003). É professor livre-docente de Literatura Francesa da USP, poeta e tradutor. Como crítico de tradução publicou recentemente A retradução de poetas franceses no Brasil: de Lamartine a Prévert (com Thiago Mattos; Rafael Copetti, 2018) e Traduções canibais: uma poética xamânica do traduzir (Cultura e Barbárie, 2019), também lançado na Colômbia com o título Traducciones caníbales: una poética chamánica del traducir em tradução de Carolina Villada Castro (coedição Editorial Universidad de Los Andes e Editorial Universidad de Antioquia). Como tradutor, publicou, entre outros, duas obras de Valéry, ambas com Roberto Zular lançadas em 2020 - Feitiços (Iluminuras) e O cemitério marinho (Demônio Negro). Caligramas, de Guillaume Apollinaire (Ateliê/UnB, 2008; 2ed2019) e Um lance de dados, de Mallarmé (Ateliê, 2013; 2ed 2017). também se destacam. Seus mais recentes livros de poemas são Caracol de nós e À flor do mal, com ilustrações de Fernando Vilela, ambos publicados em 2018 pelo selo Demônio Negro.

email: faleiros@usp.br

Linhas de pesquisa

  • Tradução: produtos e processos em contexto
  • Tradução e poética

Livros publicados

  • Faleiros, Álvaro ; VILELA, F. Achando a chave. Curitiba: Positivo, 2020. 48p.
  • Faleiros, Álvaro ; ZULAR, ROBERTO O cemitério marinho de Paul Valéry. São Paulo: Demônio Negro, 2020. 52p.
  • Faleiros, Álvaro ; ZULAR, ROBERTO Feitiços de Paul Valéry. São Paulo: Iluminuras, 2020. 244p.
  • Traduciones caníbales: una poética chamánica del traducir. Bogotá: Ediciones Uniandes, 2019. 140p.
  • Faleiros, Álvaro ; APOLLINAIRE, G. Caligramas de Guillaume Apollinaire. Brasília: Editora UnB, 2019. 192p.
  • Traduções Canibais: uma poética xamânica do traduzir. Florianópolis: Cultura e Barbárie, 2019. 192p.
  • Caracol de nós. São Paulo: Demônio Negro, 2018. 181p.
  • À flor do mal. São Paulo: Demônio Negro, 2018. 159p.
  • FALEIROS, Á. S. ; MATTOS, T. A retradução de poetas francesas no Brasil: de Lamartine a Prévert. São Paulo: Rafael Copetti, 2017. 198p.

Artigos completos publicados em periódicos

  • Jovem Parca, de Paul Valéry. ALETRIA (UFMG), v. 30, p. 249 - 268, 2020.
  • Faleiros, Álvaro ; CESARINO, PEDRO Herberto Helder Tradutor de Poéticas Não-Europeias. CADERNOS DE TRADUÇÃO, v. 39, p. 348 - 371, 2019.
  • Poiéticas não europeias em tradução - refundações e reescritas desde Brasis. CADERNOS DE TRADUÇÃO, v. 39, p. 10 - 46, 2019.
  • KRIEGER, BIA ; FALEIROS, ALVARO O RECANTO DE UM JARDIM: HENRI SALVADOR EM PORTUGUÊS. TRADUÇÃO EM REVISTA (ONLINE), v. 2019, p. 242 - 256, 2019.
  • FALEIROS, Á. S. ; ZULAR, R. Situação de Valéry traduzido no Brasil. REMATE DE MALES, v. 38.2, p. 1 - 52, 2018.
  • As Flores do mal: uma viagem entre Brasil e Portugal. CADERNOS DE TRADUÇÃO (UFSC), v. 38, p. 26 - 53, 2018.
  • Faleiros, Álvaro ; ZULAR, ROBERTO Traduzir os Charmes de Paul Valéry. DOMÍNIOS DE LINGU@GEM, v. 11, p. 1536 - , 2017.
  • FALEIROS, Á. S. ; ZULAR, R. Variações da segunda pessoa na tradução de Charmes de Paul Valéry. Revista Todas as Letras (MACKENZIE. Online), v. 19, p. 174 - 192, 2017.
  • Sacré Baudelaire. Revue Silène. Centre de recherches en littérature et poétique comparées de Paris Ouest-Nanterre-La Défense, v. 1, p. 1 - 20, 2016.
  • Os tempos de Mallarmé nas antologias brasileiras de poesia traduzida. REVISTA LETRAS (CURITIBA), v. 1, p. 143 - 163, 2017.
  • Faleiros, Álvaro ; NOGUEIRA, P. D. A IDENTIDADE DOS IMIGRANTES AFRICANOS NO ROMANCE TAIS-TOI ET MEURS. Revista Letras Raras, v. 5, p. 10 - 26, 2016.
  • Traduzir o verso moderno francês no Brasil: aberturas para século XXI. Letras & Letras (Online), v. 32, p. 233 - 243, 2016.

Capítulos publicados

  • Tradução poética: pensando o conceito de significância. Historiografia da tradução: tempo e espaço social, v. 4, p. 49 - 63, 2018.
  • Em torno do "Cimitière Marin" de Paul Valéry: traduções brasileiras. História e historiografia da tradução: desafios para o século XXI, v. 1, p. 89 - 110, 2016.
  • Da hesitação ao ato de traduzir 'l'abeille' de Paul Valéry. Tradução literária: veredas e desafios, v. 1, p. 69 - 92, 2016.
  • A poética multiposicional do traduzir em Ana C. Sereia de Papel: visões de Ana Cristina César, v. 1, p. 173 - 208, 2015.
  • Tradução & poesia. Tradução &: perspectivas teóricas e práticas, v. 1, p. 263 - 276, 2015.

Orientandos Ativos

Número USP Nome orientando Área Nível de Programa
5425285 Alessandro Palermo Funari Estudos da Tradução Doutorado Direto
387148 Ana Magda Stradioto Casolato Estudos da Tradução Mestrado
7614720 Caroline Pessoa Micaelia Estudos da Tradução Doutorado
10596092 Edgar Rosa Vieira Filho Estudos Lingüísticos, Literários e Tradutológicos em Francês Doutorado
5157877 Genival Teixeira Vasconcelos Filho Estudos da Tradução Doutorado
7616632 Henrique Provinzano Amaral Estudos da Tradução Doutorado
6831804 Mateus Roman Pamboukian Estudos da Tradução Doutorado
11601943 Wellington Júnio Costa Estudos da Tradução Doutorado

Orientandos Concluídos

Número USP Nome orientando Área Nível de Programa Data de defesa
8788205 Thiago Mattos de Oliveira Língua e Literatura Francesa Doutorado 10-31-2018
7614720 Caroline Pessoa Micaelia Língua e Literatura Francesa Mestrado 08-23-2019
9503790 Vanessa Ferrer Caraponale Língua e Literatura Francesa Mestrado 08-31-2017
4465497 Paula Souza Dias Nogueira Língua e Literatura Francesa Mestrado 12-12-2016
7613858 Raissa Conde Cassiano Língua e Literatura Francesa Mestrado 03-20-2020
5161910 Vinícius Pacheco Gonçalves Língua e Literatura Francesa Mestrado 04-10-2014
7000503 Wiliam Mariano Pereira Língua e Literatura Francesa Mestrado 10-26-2012
6831804 Mateus Roman Pamboukian Língua e Literatura Francesa Mestrado 07-10-2019
5676240 Lucia Helena Muniz da Silva Língua e Literatura Francesa Mestrado 03-23-2015
5157602 Igor Milenkovich Avila Língua e Literatura Francesa Mestrado 05-25-2012
8788205 Thiago Mattos de Oliveira Língua e Literatura Francesa Mestrado 06-22-2015
5157877 Genival Teixeira Vasconcelos Filho Língua e Literatura Francesa Mestrado 03-13-2015