Carlos Alberto Ribeiro de Moura


Resumo

É Professor Titular de História da Filosofia Contemporânea no Departamento de Filosofia da FFLCH da USP, instituição em que iniciou sua carreira acadêmica, em 1973. Em 1975 transferiu-se para a Universidade Estadual de Campinas, onde participou da fundação do Depto de Filosofia, bem como de seu Centro de Lógica, Epistemologia e História da Ciência. Em 1985 retornou à Universidade de São Paulo, instituição da qual se tornou professor efetivo. Voltou a colaborar com a UNICAMP de 1994 a 1998 e foi Professor-Convidado na Université de Provence, Aix-en-Provence, França,. É membro da Comissão de Redação da revista Manuscrito (CLE-UNICAMP), da qual foi um dos fundadores e durante nove anos membro de sua direção. Durante seis anos foi Editor-Responsável da revista Discurso (USP). É membro do Conselho Editorial das revistas Analytica (UFRJ), Dois Pontos (UFPR e UFSCar) e revista Ipseitas (UFSCar).Suas pesquisas e publicaçoes se concentram nas áreas de História da Filosofia Contemporânea, com especial ênfase na tradição fenomenológica, e de História da Filosofia Moderna, em torno do empirismo e do racionalismo clássicos.

Linhas de pesquisa

  • Fenomenologia e Ontologia
  • História da Filosofia
  • O transcendental e o empírico em Edmund Husserl

Capítulos publicados

  • Intencionalidade e Existência: Husserl e Merleau-Ponty. Merleau-Ponty em Salvador, v. 1, p. 18 - 32, 2008.
  • Nietzsche e a Igualdade entre os Homens. Lições de História da Filosofia, v. 1, p. 200 - 215, 2009.
  • Husserl: Significación y Fenómeno. El sujeto interrumpido - la emergencia del mundo en la fenomenología contemporánea, v. 1, p. 19 - 45, 2009.
  • A indiferença e a balança. Lógica e Ontologia, v. 1, p. 245 - 262, 2004.
  • Leibniz, a liberdade e os possíveis. O filósofo e sua história, v. 36, p. 267 - 284, 2003.