FFLCH realiza seleção de seu primeiro programa de duplo diploma na graduação

São oferecidas cinco vagas para alunos de graduação em Letras habilitação português/francês estudarem durante um ano na Université Lumière Lyon 2, França
Por
Eliete Viana
Data de Publicação

 

 

Lyon
Os cinco alunos da FFLCH selecionados irão estudar durante um ano na França - Foto: Divulgação 


Estão abertas, até o dia 17 de abril, as inscrições do edital para o processo seletivo de estudantes da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP realizarem um intercâmbio na modalidade duplo diploma na Université Lumière Lyon 2, França.

São oferecidas cinco vagas para alunos de graduação em Letras habilitação português/francês estudarem durante um ano na instituição francesa, com início previsto para agosto/setembro deste ano.

Processo seletivo

Para candidatar-se, recomenda-se atentar aos critérios do processo seletivo, que estão descritos no edital na página da Comissão de Cooperação Internacional (CCInt) da Faculdade.

No momento da inscrição, é preciso estar regularmente matriculado no curso de Letras habilitação português/francês e ter cumprido no mínimo 20% dos créditos do curso; possuir média “limpa” (sem reprovações) acima de 7,0; e não ter intercâmbio em aberto. As inscrições devem ser feitas, exclusivamente via internet, pelo Sistema Mundus – voltado para questões da área de Relações Internacionais da USP –, até o dia 17 de abril.

De 18 a 22 de abril, será realizada a primeira fase do processo seletivo, com o resultado sendo divulgado em 23 de abril. No dia 24, começa a segunda etapa. A terceira e última etapa, feita pela Lyon, será de 25 a 29 de abril. E o resultado final será conhecido no dia 30 de abril.

As duas primeiras fases do processo seletivo são de responsabilidade da FFLCH, que vai fazer a análise dos candidatos através de uma banca composta por professores membros da CCInt-FFLCH e professores convidados. Depois, a Unidade vai divulgar a ordem de classificação dos habilitados para a terceira fase, que é de responsabilidade da instituição francesa, a qual poderá realizar provas escritas, videoconferências e/ou  entrevistas pessoais para a seleção dos alunos.

 

bandeira França e dois diplomas
O duplo diploma permite que o aluno da Faculdade tenha um diploma francês e o aluno de Lyon tenha um diploma da USP


Programa
 

Este é o primeiro programa de duplo diploma na graduação que a Faculdade firmou. O convênio para a criação do programa de duplo diploma entre a FFLCH e a Université Lumière Lyon 2 foi assinado em julho de 2018. Mas, a parceria entre as duas instituições não é recente, a Faculdade e a universidade francesa mantêm convênio de mobilidade há mais de 10 anos.

O duplo diploma permite que o aluno da Faculdade tenha um diploma francês e o aluno de Lyon tenha um diploma da USP. A equivalência de disciplinas é automática, desde que o aluno tenha cumprido em sua totalidade o plano de estudos proposto pela instituição de ensino superior estrangeira.

No começo deste ano letivo, a universidade francesa já enviou uma aluna para realizar o intercâmbio na FFLCH, cuja seleção foi realizada em 2018. Isso indica que a graduação da Faculdade e a obtenção do diploma da USP são valorizados.

Diferencial

 

Modelo de diploma da USP, entregue ao formado em Letras na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, que o aluno do programa de duplo diploma da universidade francesa receberá
Modelo de diploma da USP, entregue ao formado em Letras na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, que o aluno do programa de duplo diploma da universidade francesa receberá

 

A coordenadora do programa na área de francês, Heloísa Brito de Albuquerque Costa, destaca a importância de um estudante de graduação realizar este intercâmbio na modalidade duplo diploma.
 

“Ao voltar para o Brasil, o aluno tem um diferencial em seu currículo como profissional da área de Letras, o que permite sua inserção diferenciada no mercado de trabalho. E, como professor, seu conhecimento da língua e da cultura francesa é aprofundado pela imersão que vai ter durante o intercâmbio”, ressalta a professora do Departamento de Letras Modernas. Além de Heloísa, a coordenação deste programa na área de português é da professora Maria Inês Batista Campos, do Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas da Faculdade.


Heloísa, outra questão de destaque é que este duplo diploma com a Université Lumière Lyon 2 se insere na política de internacionalização da USP e da FFLCH. Pois, a universidade francesa tem vários acordos de intercâmbio com as Unidades da USP em nível de graduação, para os intercâmbios regulares, e em pós-graduação, para mestrado e doutorado.


Alunos de graduação da área de Letras da FFLCH já participaram de programas de dupla titulação no exterior, mas não era proposto dentro de um acordo que a Faculdade já mantinha há algum tempo, como é agora.

Em 2013, a FFLCH fez parte do Programa de Licenciatura Internacional (PLI), no qual oito alunos
do curso de Letras habilitação português/francês tiveram dois anos de bolsa da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e, ao final deste período, obtiveram um diploma francês pela Université Paris-Sorbonne (Paris IV). O PLI tinha o objetivo de valorizar e estimular a formação de professores do Brasil no exterior e não tinha a contrapartida dos alunos de instituições estrangeiras estudarem na USP.