Departamento de Ciência Política promove seminários virtuais sobre Covid-19

“A pandemia demanda uma frente nas Ciências Sociais em todos os países, mas especialmente em países em desenvolvimento. Cada área precisa contribuir para enfrentar esta ameaça a todos nós", ressalta a organizadora dos eventos, Lorena Barberia
Por
Eliete Viana
Data de Publicação

 

 

apresentação dia 31

Dados apresentados pela professora Lorena Barberia no primeiro seminário, realizado em 31 de março 


 

O Departamento de Ciência Política e o Programa de Pós-Graduação da área da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP estão promovendo seminários virtuais e a distância sobre o novo coronavírus (Covid-19). 

O próximo será no dia 7 de abril, às 17h30, com o tema Covid-19 in Global Perspective: Partisan Divides, Political Marginalization, and Federalism in the U.S. case, com Ed Gomez, da Lehigh University, Estados Unidos. O evento será ministrado em inglês e poderá ser acessado pelo link: https://zoom.us/j/788260678

Inicialmente, estava programado a realização de três seminários. Mas, devido à boa repercussão, serão realizados outros, com temas e datas divulgadas em breve.

“Houve muito interesse tanto na FFLCH como na sociedade pelo debate e as informações que apresentamos. Me parece que isso também é algo muito importante para mostrar o grande esforço coletivo para responder a pandemia”, comenta a organizadora Lorena Barberia, professora do Departamento de Ciência Política da Faculdade.

Ciências Humanas

Na maioria das vezes, ao se falar em algum tipo de doença ou especificamente sobre esta pandemia, o mais comum é a abordagem através da área de Ciências Biológicas e Saúde. Mas, as Ciências Humanas também têm muito a contribuir nas reflexões e nos debates com seus estudos sobre políticas públicas, desigualdades, sociedade e como outras doenças foram enfrentadas na história, por exemplo. 

"Para enfrentar a pandemia, as Ciências Sociais têm muitas ferramentas que podem auxiliar as autoridades tanto no desenho de intervenções para frenar a transmissão viral e seus efeitos, como para identificar quais medidas podem ser mais eficazes. A pandemia demanda uma frente nas Ciências Sociais em todos os países, mas especialmente em países em desenvolvimento. Cada área precisa contribuir para enfrentar esta ameaça a todos nós", ressalta Lorena.

Responsável por ministrar disciplinas de métodos quantitativos, política comparada e economia política no curso de graduação em Ciências Sociais e no programa de pós-graduação em Ciência Política, a docente destaca que os resultados de sua pesquisa são fruto de um trabalho conjunto do grupo de alunos que atuam junto ao Departamento de Ciência Política para demonstrar que não se realiza pesquisa sem colaboração, cujos nomes ela faz questão de citar: Fabiana da Silva Pereira, Isabel Seelaender Costa Rosa, Kelly Senters, Luiz Cantarelli, Maria Letícia Claro, Murilo Junqueira, Natália de Paula Moreira e Marcela Zamudio.

 

apresentação dia 2

Imagem de parte da apresentação da professora Marta Arretche



Os dois primeiros seminários foram realizados nesta semana, no dia 31 de março e 2 de abril. O primeiro foi A Leitura dos Dados de Covid-19, com a participação de Diogo Ferrari, assistant instructional professor, Computational Social Science Program, University of Chicago, Estados Unidos; e da professora Lorena Barberia, do Departamento de Ciência Política da Faculdade. 

O segundo teve o tema O Papel das Epidemias na Redução da Desigualdade, com a professora Marta Arretche, também do Departamento de Ciência Política e diretora do Centro de Estudos da Metrópole.

A gravação dos seminários pode ser conferida pela página principal do Departamento de Ciência Política ou clicando nos temas abaixo:

A Leitura dos Dados de Covid-19

O Papel das Epidemias na Redução da Desigualdade


Mais informações com a professora Lorena Barberia: lorenabarberia@usp.br ou com o Departamento de Ciência Política: ppg.cp@usp.br