Arqueologia do Contato | Estudos Clássicos em Dia

Maria Cristina Kormikiari fala da influência que civilizações exerceram umas sobre as outras pelo contato
Por
Redação
Data de Publicação

 

 

A professora Maria Cristina Kormikiari, do Museu de Arqueologia e Etnologia da Universidade de São Paulo (MAE-USP), fala sobre a Arqueologia do Contato, área que estuda como civilizações influenciaram ou foi influenciadas por outras devido a conquistas, comércio, localização etc.

Maria Cristina Kormikiari graduou-se em História (1989) e ingressou como docente em 2008. Tornou-se mestre em 1995 com a dissertação “Moedas púnicas em coleções brasileiras: iconografia e circulação” e defendeu seu doutorado em 2001 com a tese “Norte da África autóctone do século III ao I a.C.: as imagens monetárias reais berberes”.

Atua lecionando e pesquisando nas áreas de arqueologia espacial e numismática, formas e organização do contato cultural e arqueologia espacial.

Sugestão de Leitura:

- Florenzano, M. B. B. A organização da khóra na Sicília grega sul-oriental: Siracusa diante de sua hinterlândia (733 -598 a.C.). Cadernos do Lepaarq, vol. 15, n.29, pp. 247-288 https://periodicos.ufpel.edu.br/ojs2/index.php/lepaarq/article/view/11507/8479

- KORMIKIARI, M. C. N.; Fábio Morales ; Estevam Lima de Almeida ; Adriana Ramazzina ; Adriana Palma . O estudo das fronteiras no mundo antigo: o caso grego. In: Kormikiari, M. C.; Hirata, E. V.; Aldrovandi, C. E.. (Org.). Estudos sobre o espaço na Antiguidade. 1ed.São Paulo: Edusp/Fapesp, 2011, v. , p. 125-156. https://www.academia.edu/35914082/_2011_O_estudo_das_fronteiras_no_mundo_antigo_o_caso_grego

- C. ULF Rethinking cultural contacts. Colloquial Antiqua, 10, 2014.