A obra Sobre os Primórdios da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP, publicada pela Edusp, tem organização da professora emérita Walnice Nogueira Galvão. O evento de lançamento e debate será realizado no dia 16, quarta-feira, às 17h30

Por
Eliete Viana
Data de Publicação

 

capa livro Sobre os Primórdios da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP
A capa do livro traz a imagem das rampas do Edifício Eurípedes Simões de Paula, conhecido como prédio de Geografia e História - Foto: Divulgação

 

A Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) foi fundada em 1934, junto com a Universidade de São Paulo (USP), na época com o nome de Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras (FFCL) – que mudou com a reforma universitária de 1969. Os primeiros anos da história da instituição são contados no livro Sobre os Primórdios da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP, organizado pela professora emérita da FFLCH Walnice Nogueira Galvão, com publicação da Edusp. 

O lançamento será realizado no dia 16 de setembro, quarta-feira, às 17h30, no qual será feito também um debate on-line, com transmissão pelo canal da FFLCH no YouTube, que terá a participação da organizadora da obra, da professora Ligia Chiappini Moraes Leite, do Departamento de Teoria Literária e Literatura Comparada; e da diretora da FFLCH, Maria Arminda do Nascimento Arruda. 

No evento virtual, as docentes vão comentar e debater os textos do livro e a importância da Faculdade na formação intelectual da sociedade, desde a época de fundação até os dias atuais. 

“O caldo de cultura que então fermentou foi responsável pela formação de alguns dos mais influentes intelectuais brasileiros, que se tornariam os mestres das gerações seguintes. Estas, por sua vez, frutificariam em professores do ensino médio e superior, propagando o que aprenderam”, comenta a organizadora, Walnice Nogueira Galvão, do Departamento de Letras Orientais. 

Reunião em livro 

Os textos que compõem a obra foram publicados originalmente em 1984, na revista Língua e Literatura, da FFLCH. Mas, somente agora, quase 40 anos depois, eles estão reunidos em formato de livro. 

“A republicação de um conjunto de entrevistas e depoimentos de pessoas importantes da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas é símbolo de uma reafirmação do lugar primordial que a instituição teve na criação e constituição da Universidade de São Paulo. A republicação hoje também tem um profundo significado. Porque, em tempos de negacionismo, é preciso reafirmar o lugar da nossa origem”, destaca a diretora da FFCLH sobre a relevância de falar sobre o livro e a Faculdade atualmente.

A obra apresenta seis entrevistas realizadas com: Paul Arbousse-Bastide, Mário Schenberg, Florestan Fernandes, Ruy Coelho, Gilda de Mello e Souza e Fernando Henrique Cardoso; dois depoimentos concedidos por Candido Silva Dias e Antonio Candido; além de uma conferência do escritor francês Michel Butor, que foi realizada na USP em 1984, nas as comemorações pelos 50 anos da Faculdade e da Universidade.

O conjunto dos textos relembram os anos iniciais da então FFCL, que reunia filosofia, sociologia, psicologia, mas também física, química, biologia, geografia, matemática e afins. E também destaca o papel dos professores visitantes franceses, alemães e italianos na formação da nova instituição, enquanto reflete sobre as modificações na Universidade, no ensino e na pesquisa no Brasil. 

Walnice ressalta que “nesta seleção de alunos das primeiras turmas que receberam o impacto do inusitado, os testemunhos rememoram não só as impressões da primeira hora mas também tudo o que ruminações posteriores viriam a decantar. Este conjunto precioso de reflexões de nível elevado que ora oferecemos aos leitores recupera um momento ímpar na história intelectual do país, bem como a medida da ambição que implicou: criar do grau zero uma instituição de altos estudos não aplicados, uma instituição de ensino público e gratuito que oferecia a oportunidade única de conectar-se ao saber produzido nos centros europeus com suas universidades seculares”.


O livro Sobre os Primórdios da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP, de Walnice Nogueira Galvão (organizadora), Edusp, 160 páginas, R$ 38,00, que pode ser comprado pela loja virtual da Editora
O evento de lançamento e debate on-line do livro será realizado no dia 16 de setembro, às 17h30, com transmissão pelo canal da FFLCH no YouTube.